É simples, quer ser feliz? Seja vegano. 😉

A verdade é que vivemos num mundo onde tudo nos é indiretamente imposto, às vezes diretamente, ou seja, se não paramos para pensar, para analisar nossas escolhas do dia-a-dia, acabamos vivendo conforme a maré, conforme nossos pais disseram que deveríamos, como nossos amigos vivem, como nossos professores nos ensinaram. Muitas vezes, não há nada de errado nisso, mas às vezes, há.

Nem sempre você se encaixa num grupo de amigos, nem sempre você se encaixa na sua própria família, não estou dizendo sobre amor e respeito, me refiro a gostos e empatia, e assumir a si mesmo que sua família é a melhor família do mundo, mas você não se encaixa aos padrões seguidos por ela e viver de acordo com o seus próprios padrões é se libertar, é estar aberto para a aceitação.

A verdade é que quando não estamos alinhados com o nosso propósito e nossa essência, acabamos nos deixando levar, sem parar pra pensar se concordamos de fato com um comportamento ou um estilo de vida e muitas vezes acabamos seguindo caminhos completamente contrários aos que nos identificamos. O veganismo é, sim, uma escolha; às vezes ele te escolhe, às vezes, você o escolhe, mas o que importa é que houve uma sinergia e essa sinergia, essa conexão, quando aceita e posta em prática te deixa mais livre, mais perto do que você ama, do que você é em essência.

Você descobre que dizer “não” é saudável, descobre que lutar por uma causa é nobre, descobre que assumir riscos é empolgante, descobre que você é uma pessoa única e que pode ser livre sendo quem é. A felicidade “vendida” hoje, é uma utopia, não acredite nela, aliás esqueça tudo que você já aprendeu sobre ela, tente viver em harmonia, tente procurar pela harmonia e não pela felicidade. Estar em harmonia consigo mesmo, com as pessoas no meio em que vive, com suas escolhas, com o seu trabalho, é ser feliz, é a felicidade em sua natureza. E nada pode te fazer tão feliz quanto estar em harmonia com a natureza, com respeito à vida animal, com a sua saúde.

Ser vegano é compreender que toda vida importa, que tudo que nos foi divinamente concedido deve ser respeitado, ser cuidado e zelado, quando você se dá conta disso, tudo se encaixa, a vida te recompensa de formas lindas e sutis e não há forma melhor de ser feliz, do que se harmonizar com a essência do universo.

 

Texto: Lara Zanatta
Vegana, chef e idealizadora do Panela Alternativa

Deixe seu comentário